A EXPERIÊNCIA DA REDE PÚBLICA ESTADUAL DO MARANHÃO NO CONETXTO DA COVID - 19: os desafios das desigualdades sociais e as novas tecnologias na educação no século XXI.

Autores

  • Nádya Christina Guimarães Dutra

Palavras-chave:

Ensino Remoto, Tecnologias, Desigualdades

Resumo

Este artigo é resultado de estudos e pesquisas acerca da educação no contexto da pandemia pelo novo coronavírus, decretada pela Organização Mundial de Saúde (OMS), no dia 11 de maço de 2020. Aqui, propõe-se descrever e analisar a experiência da rede pública estadual do Maranhão com atividades curriculares não presenciais e ensino remoto com uso de tecnologias para os estudantes do ensino médio no Estado. Para tanto, abordar-se-á as ações do projeto Fique Em Casa Aprendendo, bem como as regulamentações para a instituição do modelo de ensino em caráter excepcional. Além disso, refletir-se-á sobre os dados de acompanhamento e monitoramento da Secretaria de Estado da Educação junto às escolas que compuseram o projeto.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Nádya Christina Guimarães Dutra

Mestre em Educação pela Universidade Federal do Maranhão, membro do Grupo de Pesquisa em Políticas, Gestão Educacional e Formação Humana da Pós-Graduação em Educação da Universidade Federal do Maranhão e Secretária Adjunta de Gestão da Rede de Ensino e da Aprendizagem da Secretaria de Estado da Educação do Maranhão.

Downloads

Publicado

2020-07-26

Edição

Seção

Relatos